Institucional

O Aeroporto

Informe o número, companhia aérea, origem ou destino do voo.

Cia. Aérea Horário Voo Destino  
Lista completa de voos

A história do RIOgaleão – Aeroporto Internacional Tom Jobim começa em 1924, quando a Escola de Aviação Naval, fundada em 1916, foi transferida para a Ponta do Galeão. A partir de 1945, o Aeroporto passou a ser, oficialmente, internacional.

 

Nesta época, os antigos Hidroaviões foram aos poucos substituídos por aviões maiores, dotados de rodas, que precisavam de pistas em terra. Desde os anos da Segunda Guerra Mundial, além de movimentada base aérea da Força Aérea Brasileira, o Aeroporto foi campo de pouso para aviões internacionais.

Cinco anos após a Guerra, em 1950, o local para embarque e desembarque começou a passar por diversas ampliações e ao longo dos anos foi substituído pelo atual Terminal 1, que agregou o que de mais atual havia na época de sua inauguração.

Inauguração

Em 20 de janeiro de 1977, foi inaugurado o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. A obra, realizada pela Construtora Odebrecht, foi um marco no Brasil e se consagrou como um dos principais projetos de tecnologia dos anos 70 no país.

Idealizado como um moderno conceito de instalações aeroportuárias e de proteção ao voo, a inauguração de um novo Aeroporto era necessária para descongestionar o tráfego aéreo cada vez mais intenso nas suas pistas. Além disso, o acompanhamento do desenvolvimento tecnológico das aeronaves da aviação comercial em todo o mundo se fazia fundamental.

Com todo esse crescimento da aviação comercial no Brasil, já em 1992, foram reformadas todas as instalações deste terminal. Essa ampliação, que aumentou a capacidade do terminal para sete milhões de passageiros ao ano, coincidiu com o início das obras do Terminal 2. O novo saguão, um dos mais modernos da América Latina, com capacidade para atender oito milhões de passageiros ao ano, foi inaugurado em 20 de julho de 1999, possibilitando que o Aeroporto ultrapassasse o dobro da sua capacidade.

Nos dias atuais

Até hoje o complexo aeroportuário do RIOgaleão – Aeroporto Internacional Tom Jobim se mantém entre os maiores. Tem a maior pista de pouso e decolagem do Brasil, é um dos mais modernos e bem equipados terminais de logística de carga da América do Sul.

E o Aeroporto continua a crescer. Em agosto de 2014 as atividades de operação, manutenção e ampliação foram transferidas da Infraero para o RIOgaleão, que investirá cerca de R$ 5 bilhões em obras de infraestrutura e melhorias nos serviços do Aeroporto ao longo dos 25 anos de concessão, dos quais R$ 2 bilhões estarão concentrados até os Jogos Olímpicos de 2016.

Cronologia

  • 2014

    Abertura da nova área de embarque internacional do Terminal de Passageiros 2

    Conclusão da obra de reforma do desembarque doméstico do Terminal de Passageiros 1

    Conclusão da obra de ampliação da pista 10/28

    Assinado o contrato de concessão do RIOgaleão – Aeroporto Internacional Tom Jobim

  • 2010

    Abertura da nova área de embarque internacional do Terminal de Passageiros 2

  • 2008

    Inicio das obras de revitalização do Terminal de Passageiros nº2 , em março

    Finalizada obra de recuperação da pista 10/28, em junho

    Inicio da conclusão da obra do Terminal de Passageiros nº 2, em novembro

  • 1999

    Inauguração do Terminal de Passageiros n.º 2 em 20/07/1999

  • 1998

    Inauguração do novo complexo do Terminal de Cargas Aéreas em março

    Teste Operacional do Terminal de Passageiros n.º 2 em 28/03/1998

  • 1995

    Incorporação da TASA pela INFRAERO

  • 1992

    Início das obras de construção do Terminal de Passageiros n.º 2 e novo Complexo do Terminal de Cargas Aéreas

  • 1991

    Ampliação do Terminal de Passageiros nº1 e Infraestrutura para a ECO 92

  • 1990

    Início do Projeto do Terminal de Passageiros n.º 2

  • 1989

    Construção do Pátio de Aeronaves n.º 2

  • 1987

    Incorporação da ARSA pela INFRAERO

  • 1979

    Entrada em operação da pista de pouso e decolagem 09/27.

  • 1977

    Inauguração do Terminal de Passageiros n.º 1 (TPS 1) em 20/01/1977

    Entrada em operação do TPS 1 em 01/02/1977

    • 1º voo doméstico: 01/02/1977 (Vasp)
    • 1º voo internacional: 20/04/1977 (British Caledonian)
  • 1973

    Constituição da ARSA (Aeroportos do Rio de Janeiro S.A.) – Decreto Lei n.º 7L820 de 07/02/1973

  • 1972

    Criação da INFRAERO – Holding – Lei n.º 5862 de 12/12/1972

  • 1970

    Criação da ARSA – Lei n.º 5580 de 25/05/1970

  • 1969

    Projeto do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro.

  • 1968

    Hidroservice – Estudos de viabilidade técnico-econômica do Aeroporto Internacional do Principal do Brasil – AIP: Rio de Janeiro São Paulo

  • 1967

    Criação da TASA (Telecomunicações Aeronáuticas S.A.) – operar e manter os sistemas da PANAIR

    Portaria n.º 033/GM3 de 06/06/1967 cria a Comissão Coordenadora do Projeto do Aeroporto Internacional – CCPAI

  • 1952

    Inaugurado o Aeroporto do Galeão em 01/02/1952.

  • 1946

    Escolha do local para instalação do Aeroporto e Estação de Passageiros, para tráfego internacional. Operação da PANAIR na ponta do Galeão